Segunda Revolução Industrial- Uma corrida para o futuro

Antes de tudo, para viés de curiosidade, é importante sabermos o que aconteceu, falando superficialmente, durante esse famigerado período: O emprego do aço, a utilização da energia elétrica e dos combustíveis derivados do petróleo, a invenção do motor a explosão, da locomotiva a vapor e o desenvolvimento de produtos químicos foram as principais inovações desse período. Pronto, agora que sabemos o que houve, vamos expandir nossos conhecimentos e abrir a mente para o que aconteceu especificamente em um local do mundo, que carrega nas costas o título de país bem sucedido. Os Estados Unidos.

As fontes de energia que movem o mundo até hoje, deram seus primeiros suspiros nesse período histórico que chamamos de Segunda Revolução Industrial (período reconhecido entre 1870-1914).

Para perceber a importância deste período, estudemos o mesmo a partir de dados acerca de uma das potências mais reconhecidas economicamente do mundo atual: Estados Unidos. Saídos quentinhos da Guerra Civil e de sua Reconstrução, a economia americana cresceu consideravelmente neste período de segunda revolução industrial. Os EUA foi arrematado com abundância em recursos naturais devido a anexação de novos territórios. A grande massa de imigrantes operários da Europa favoreceu bastante a manufatura que ainda existia por ali. Outro fator que acelerou essa revolução na América do Norte foi a disponibilidade de capital para investimentos.

A Segunda Revolução Industrial levou as comunidades locais e seus novos produtos para além da grande sombra da agricultura regional, considerando que sofreram influência de novos meios de produção e técnicas. Inovações em transporte, como as rodas, os barcos a vapor e ferrovias novinhas conectaram longínquas comunidades.

Agora, já que entendemos o contexto da época, falemos da posterior evolução no transportamento de mercadorias que elevou a economia das comunidades americanas. Pela primeira vez, produtos do interior podiam ser transportados diretamente para o Atlântico e vice-versa. Se tornando capaz de exportar mercadoria a longas distâncias, a economia começou a dar saltos enormes, essa literal revolução dos transportes abriu caminho para grandes fazendeiros que agora podiam trazer suas grandes colheitas de algodão através de embarcações no Mississipi River Valley. Além disso, a criação de novas ferrovias barateou o custo e diminuiu o tempo de entregas mais pesadas, criando novas oportunidades para o enriquecimento enquanto dois terços da população dos EUA residiam em fazendas.

Enquanto isso, o então governo federal participava ativamente desse processo através da promoção da agricultura e do setor industrial. Altas tarifas de importação foram implantadas para proteger a economia americana de concorrência externa. Terras foram concedidas a empresas ferroviárias para incentivar a construção de ferrovias e o exército foi convocado para retirar à força milhares de nativos das terras para entregá-las para fazendeiros e empresas de mineração. Por volta de 1913, os Estados Unidos produziram um terço da produção industrial do mundo – mais do que a Grã-Bretanha, França e Alemanha juntos. Os padrões de vida e aquisição de capital aumentaram rapidamente à medida que as novas tecnologias desempenharam um papel cada vez maior na vida das pessoas da classe trabalhadora e da classe média.

O reflexo disso tudo foi uma população rural se tornando quase que hegemonicamente urbana entre 1870 e 1920 e imigrantes chegando de toda a parte do mundo.

 

Bruna.

 

 

FONTES:

http://ushistoryscene.com/article/second-industrial-revolution/

https://www.sohistoria.com.br/resumos/revolucaoindustrial.php

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora